O Wolverhampton foi eliminado na terceira ronda da Taça de Inglaterra, esta quarta-feira, ao perder com o Manchester United, em Old Trafford, por 1-0.

Os 'wolves' ainda festejaram o golo de Pedro Meto, aos 10 minutos de jogo, antes de o VAR anular o lance por alegada mão na bola de Jiménez. No final da partida, Nuno Espírito Santo comentou a decisão do videoárbitro.

"É o VAR. Não podemos fazer nada quanto a isso. Mas celebrámos o golo e a outra celebração foi mais audível. Portanto, estamos a celebrar não-golos. Não faz sentido", afirmou o treinador português.

O golo que contou chegou apenas aos 67 minutos e para o lado do Manchester United. Anthony Martial conduziu o contra-ataque, entre vários jogadores adversários, e isolou Juan Mata, que fez o 1-0 final.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.