Álvaro Morata não vai estar no jogo do próximo sábado, frente ao Everton por acumulação de amarelos. O avançado espanhol foi admoestado com cartão amarelo no encontro da Taça da Liga, frente ao Bournemouth, por ter festejado um golo com uma dedicatória à mulher que está grávida.

Segundo avança o jornal As, o árbitro do encontro considerou que o jogador perdeu tempo e por isso decidiu castigar o ato com cartão amarelo.

Uma decisão contestada por Antonio Conte, que se insurgiu contra as regras da Federação Inglesa.

"Se o árbitro o castigou porque pôs uma bola debaixo da sua camisola, creio que é uma pena. Podes permiti-lo porque são celebrações e mostras a tua alegria. Temos que ver se se passou alguma coisa de diferente depois disto, se o árbitro julgou de maneira diferente", referiu o técnico.

Recorde-se que Morata marcou o golo da vitória frente ao Bournemouth ao minuto 91, celebrando com a bola debaixo da camisola e levando um dedo à boca, como se de uma chucha se tratasse. Esta ação custou o quinto amarelo da temporada e, como tal, irá cumprir um jogo de sanção.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.