O treinador português Abel Ferreira disse hoje, depois do sorteio lhe ‘dar’ os holandeses do Ajax, que nenhum clube “queria apanhar” o PAOK na terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões de futebol.

"É um grande desafio e uma grande oportunidade para defrontarmos uma grande equipa como o Ajax. Tenho a certeza de que ninguém queria apanhar o Ajax, mas também tenho a certeza de que ninguém queria apanhar o PAOK. Que fique claro que nosso objetivo é exatamente o mesmo, que é passar a eliminatória”, referiu o antigo treinador do Sporting de Braga.

Em declarações ao canal do clube de Salónica, o técnico luso abordou o sorteio da hoje, em Nyon, na Suíça, sendo que o embate com os holandeses vai marcar a sua estreia oficial ao comando do campeão grego, em que atua o também português Vieirinha.

Pela frente, terá a formação em que atua o guardião português Bruno Varela, habitual suplente, e que na temporada passada atingiu as meias-finais da ‘Champions’, falhando por muito pouco a final, e venceu o campeonato e a Taça da Holanda.

Ainda assim, Abel Ferreira vincou que o objetivo passa por “fazer história” e chegar à fase de grupos, sabendo que ainda precisará depois de ultrapassar o ‘play-off’.

"Queremos muito fazer história neste clube e entrar na fase de grupos da Liga dos Campeões. Quanto mais unidos estivermos, mais temidos seremos”, concluiu.

O primeiro encontro disputa-se em 06 ou 07 de agosto, enquanto a segunda mão está agendada em 13 do mesmo mês.

Na época passada, o PAOK superou os suíços do Basileia na segunda pré-eliminatória (2-1 em casa e 3-0 fora) e os russos do Spartak Moscovo na terceira (3-2 em casa e 0-0 fora), mas caiu face ao Benfica no ‘play-off’ (1-1 fora e 1-4 em casa).

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.