Emprestado esta temporada ao Lokomotiv, João Mário vai regressar ao Inter de Milão no final da época, com o presidente do emblema moscovita a ter já confirmado que não vai acionar a cláusula de compra de 18 milhões fixada aquando da cedência do médio.

Em declarações ao 'SovSport', o empresário russo Dmitry Selyuk deixou fortes críticas à postura do Lokomotiv Moscovo para com o internacional português.

"Como é que posso receber um jogador, pagar seis milhões anuais e deixá-lo ir? Mesmo que o João Mário seja um jogador normal, as condições que o trouxeram para o Lokomotiv não são normais", lamentou Selyuk.

João Mário também não deverá ficar em Itália, onde não se afirmou nas hipóteses que foi tendo ao serviço do Inter. A imprensa francesa, mais concretamente o portal 'ActuFoot' avançam que o Marselha já terá dado os primeiros passos com vista à contratação do internacional português.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.