O Marselha vai ficar sem treinador no final da temporada dada a saída de Rudi Garcia e há um treinador português que tem sido associado ao cargo.

André Villas-Boas, que deixou o Shanghai SIPG, da China, no final de 2017, admitiu que estaria interessado em ser treinador do Marselha.

"Já estive em contactos com o Marselha em 2013, antes de ir para o Zenit. É um dos maiores clubes da Europa, com muito prestígio, porque já foi campeão da Europa. É algo que, obviamente, pode interessar-me", assumiu o treinador português, à margem do International Football Summit, em Bilbau.

"Se eles me contactarem, eu estarei disponível para conversar e poderá até haver uma possibilidade de acontecer...", afirmou o técnico de 41 anos.

"Acabaram de tomar uma decisão com Rudi Garcia. O clube está em boas mãos, com Andoni Zubizarreta, que conheço. Se falarem comigo, vamos reunir, claro, e pode haver uma possibilidade", concluiu Villas-Boas.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.