O árbitro espanhol José Alberto A. M., juiz que dirigia partidas da Liga de Veteranos, foi condenado pelas autoridades do país vizinho a pagar uma multa de 2160 euros, na sequência de uma série de furtos realizados nos intervalos dos jogos que dirigiu entre  maio e novembro de 2015.

Segundo o jornal "La Voz de Galicia", o juiz aproveitava o intervalo dos encontros para ir ao balneário dos jogadores e assaltar-lhes as carteiras, tendo arrecadado um total de 1795 euros em nove furtos.

Para além da multa aplicada, o juiz teve de devolver todo o dinheiro que roubou, e 'escapou' a uma pena de nove meses de prisão.

A situação torna-se mais insólita tendo em conta que além de árbitro, José Alberto A. M. é também membro da Guarda Civil espanhola. O juiz poderá prosseguir a carreira de árbitro, mas a sua atividade na Guarda Civil vai depender de uma eventual ação disciplinar por parte da própria instituição.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.