Os clubes estão cada vez mais próximos dos adeptos. Parte dessa aproximação foi conseguida graças às novas tecnologias. Hoje em dia é difícil encontrar um clube que não tenha conta em, pelo menos, uma rede social. É por aí que parte muito da interação com os adeptos.

Mas também há quem esteja a usar as redes sociais de forma diferente. É o caso do San Lorenzo, da Argentina.

O clube do qual o Papa Francisco é adepto resolveu despedir o jogador Timo Costa pelo... WhatsApp. Foi o próprio treinador quem tomou a opção de usar a rede social para comunicar a decisão ao jogador. A opção não agradou ao médio de 32 anos.

"Um profissional pode entender que um treinador não conte com ele, mas vendo a forma como me comunicou que não me queria, com um triste áudio de WhatsApp, acredito que essa pessoa nunca me respeitou e que lamentavelmente não está à altura deste clube incrível", disse o jogador, numa mensagem publicada nas redes sociais.

Entretanto, Tino Costa já assinou pelo Almeria, da segunda divisão espanhola. O médio de 32 anos esteve apenas um ano e meio no San Lorenzo e raramente foi opção para o técnico David Aguirre. Fez apenas 13 jogos.

Tino Costa jogou na Europa nos franceses do Montpellier, nos espanhóis do Valência, nos russos do Spartak Moscovo e nos italianos do Génova e da Fiorentina.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.