A revista 'Panenka' lançou uma campanha que visa ajudar as crianças hospitalizadas um pouco por todo o mundo a lidarem melhor com as doenças. Sob o mote "as batas mais fortes", o movimento pretende transformar as camisolas de futebol em batas de hospital, substituindo as tradicionais que são brancas ou azuis.

Veja o vídeo!

"Todos os dias, nos hospitais, muitos meninos e meninas disputam um jogo muito difícil. A doença é um rival que mete medo mas que pode ser derrotado. Por isso, convertemos camisolas de futebol em batas de hospital. Porque quando vestimos a camisola dos nossos clubes, sentimo-nos mais fortes, mais capazes de derrotar qualquer rival", sublinha o vídeo da publicação.

A 'Panenka' espera que o movimento cresça e chegue a muitos hospitais. Algumas instituições em Portugal, Itália, França, Estados Unidos da América, Senegal, México, Chile e Argentina, já se mostraram receptivas a esta ideia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.