Augusto Inácio sofreu a segunda derrota no comando técnico do Avaí, agora para o estadual de Santa Catarina, na receção ao Brusque (1-0). No final da partida, o treinador português deixou duras críticas à sua equipa.

"Eu vou dizer uma coisa em português, não sei se fere a suscetibilidade de alguns. Temos de tê-los no sítio. Aqui [Inácio aponta para a garganta], não é só aqui em baixo nas pernas, para ganhar jogos. Enquanto os jogadores não perceberem isto, também dificilmente vão jogar na minha equipa", começa por dizer.

"O jogador tem de ter ganas de ganhar, raiva de ganhar, fome de ganhar. Eles devem estar com fome de perder. Estão fartos de perder e eu também já estou farto de perder. Quero ganhar, mas com raça, com querer, com vontade, determinação. O chip mental tem de mudar, porque se não mudar o clube não vai atingir os objetivos. Sou uma pessoa bem-disposta, mas hoje estou um bocado furioso", atirou.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.