O treinador belga Paul Put foi hoje demitido do cargo de selecionador de futebol da Guiné, devido ao fraco desempenho na Taça das Nações Africanas (CAN), a decorrer no Egito, após cerca de 14 meses em funções.

A Guiné foi eliminada nos oitavos de final da CAN2019 pela Argélia (3-0), em 07 de julho, após na fase de grupos ter empatado com a seleção de Madagáscar (2-2), perdido com a Nigéria (1-0) e vencido o Burundi (2-0).

“Vamos discutir com ele [Paul Put] as condições da sua saída do cargo de selecionador”, disse em conferência de imprensa o presidente da Federação de Futebol da Guiné (Feguifoot], Antonio Souaré.

O treinador Paul Put, de 63 anos, cumpriu 12 jogos oficiais pela Guiné, somando três vitórias, quatro empates e cinco derrotas.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.