A Associação Chinesa de Futebol anunciou hoje que seis jogadores da seleção de sub-19 foram suspensos por seis meses por terem violado as medidas de segurança contra a pandemia de COVID-19.

O estágio do grupo de 35 jogadores em Xangai arrancou a 17 de maio e terminou no sábado, com os jogadores a serem suspensos por terem abandonado o local para irem beber durante a noite.

“É uma violação severa das medidas de controlo da pandemia na equipa e causou um impacto negativo em todo o grupo”, refere a associação chinesa.

Os jogadores vão estar impedidos de competir até 30 de novembro e enfrentam ainda outras possíveis punições dos seus clubes.

“Todos perceberam a seriedade da situação e toda a equipa perde. Claro que os principais prejudicados são os jogadores”, afirmou Cheng Yaodong, treinador da seleção.

A seleção sub-19 vai jogar na próxima época na terceira divisão do país, de modo a preparar os jogadores para os Jogos Olímpicos Tóquio2020, que foram adiados para 2021 devido à pandemia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.