Patrice Evra, antigo internacional francês, estará a ser alvo de uma investigação por alegados "insultos homofóbicos", devido a um vídeo publicado nas redes sociais após a vitória do Manchester United diante do Paris Saint-Germain nos oitavos de final da Liga dos Campeões.

Segundo escreve o jornal francês 'L'Équipe', a investigação surge na sequência de denúncias apresentadas por duas associações de defesa dos direitos homossexuais, a 'Mousse et Stop Homophobie' e a 'Rouge Direct'.

Recorde-se que o clube gaulês já tinha anunciado que iria apresentar uma queixa na UEFA pelo facto de o antigo jogador ter festejado, de forma efusiva, a vitória do Manchester United sobre os parisienses, chegando mesmo a classificar o PSG como um "bando de maricas".

Na resposta a esta ação do campeão francês, Evra publicou um vídeo nas redes sociais onde cantou a música 'Non, je ne regrette rien', de Édith Piaf.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.