O presidente da Federação Francesa de Futebol, Noël Le Graët, rejeitou a possibilidade de Zinedine Zidane assumir o cargo de selecionador francês. O dirigente recordou que Didier Deschamps tem contrato até 2020, garantindo que irá continuar no cargo até esse ano.

"Didier Deschamps tem contrato válido até 2020. Não há nenhuma cláusula negativa, não é o meu estilo. Ele continuará até 2020. Deschamps está no sítio certo, gosto muito dele", disse Noël Le Graët em entrevista à rádio RMC.

O dirigente federativo reconheceu, no entanto, que Zidane será selecionador de França no futuro.

"Zidane certamente um dia será selecionador. Temos todo o tempo. Respeito muito o seu trabalho, por isso não inventem histórias. Três vezes vencedor da Liga dos Campeões, é excecional", afirmou.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.