O Tianjin Tianhai entrou com um pedido de falência e deixará a Super Liga Chinesa (CSL) devido aos sérios problemas financeiros que enfrenta.

De acordo com o 'Beijing News', os dirigentes do clube do noroeste da China apresentaram um pedido de retirada do clube da Super Liga Chinesa na próxima temporada.

Este movimento pode favorecer o Shenzhen FC, que ocuparia o lugar de elite apenas alguns meses após ter descido de divisão.

Criado em 2006, o Tianjin Tianhai, então chamado Tianjin Quanjian, estreou-se na segunda divisão em 2011 e teve estrelas como o brasileiro Pato e o belga Axel Witsel nos seus quadros.

A melhor época foi 2017, a primeira temporada em que jogou na elite, quando terminou no terceiro lugar do campeonato chinês sob o comando do treinador italiano Fabio Cannavaro.

Mas o fundador do grupo Quanjian e presidente do clube, Shu Yuhui, foi preso em janeiro de 2019 por atividades ilegais de marketing.

O clube mudou de nome e perdeu muitos dos seus melhores jogadores, o que o levou ao 14.º lugar no campeonato de 2019, evitando por pouco a queda para a segunda divisão.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.