O diretor-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghbreyesus, mostrou-se "comovido" com o gesto de Cristiano Ronaldo, depois de na sexta-feira o internacional português ter deixado nas redes sociais, onde conta com milhões de seguidores, uma mensagem de apelo e consciencialização sobre pandemia do Covid-19.

O líder da OMS partilhou a mensagem e agradeceu a preocupação de Ronaldo com o bem comum.

"Estou comovido pela tua mensagem de compaixão para com o mundo, Cristiano. Proteger do Covid-19 todas as vidas deve ser a maior prioridade", escreveu Tedros Ghbreyesus em resposta ao português nas redes sociais.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.