Zlatan Ibrahimovic pode ter-se 'metido em grandes sarilhos' na sua última viagem à Suécia. O avançado do AC Milan terá quebrado o protocolo sanitário na luta contra a COVID-19, depois de ter assistido ao triunfo do Hammarby, de que é um dos proprietários, sobre o Ostersund, na jornada que marcou também a retoma do futebol na Suécia.

O avançado foi até aos balneários saudar os jogadores, o que motivou a abertura de um inquérito.

"O delegado de jogo confirmou que ele esteve lá e reportou o episódio como uma falha no relatório que enviou ao Conselho de Disciplina da Federação Sueca", revelou Per Eliasson, dirigente da Federação, ao jornal 'Aftonbladet'.

O protocolo sanitário definido pela federação sueca para o regresso do futebol só permite o acesso aos balneários a jogadores e os treinadores das equipas envolvidas num determinado jogo.

Zlatan pode ser acusado formalmente e sancionado pela Federação Sueca de Futebol.

O avançado de 38 anos está em final de contrato com o AC Milan e já expressou o desejo de jogar pelo Hammarby clube onde é um dos proprietários.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.