Zlatan Ibrahimovic, que já soma 12 golos em 15 jogos ao serviço do LA Galaxy, continua a brilhar nos Estados Unidos da América, e não falamos apenas dentro de campo. O avançado sueco voltou a mostrar que não há limites para o tamanho do seu ego.

"Não sei se mudei o futebol cá, continuo a fazer o meu trabalho. Mas vocês têm sorte, se tivesse chegado aos Estados Unidos 10 anos mais cedo, hoje era presidente", contou Zlatan depois da vitória diante dos Philadelphia Union (3-1), em que marcou um golo e fez uma assistência.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.