Nicki Bille está novamente envolto em polémica e desta vez quase que não escapava com vida. O futebolista dinamarquês do Lyngby BK levou um tiro no braço, depois de se envolver numa briga com mais três pessoas, na tarde do dia de Natal na sua residência, em Copenhaga, Dinamarca.

Diz o diário dinamarquês 'Vesteralen Online', que o ataque foi levado a cabo por três pessoas: uma mulher de 23 anos, um homem de 30 e um terceiro elemento que se colocou em fuga. Os dois primeiros foram detidos.

Uma das três pessoas disparou uma arma de fogo contra o antigo internacional dinamarquês. A bala acabou por atingir o antebraço de Nicki Bille, que não corre perigo de vida.

Os detidos declararam-se culpados mas pouco mais se sabe sobre este caso.

Nicki Bille, de 30 anos, esteve recentemente envolto em polémica. O jogador, que já passou pelos espanhóis do Villarreal, Elche e Rayo Vallecano, foi condenado a prisão no passado mês de junho, depois de agredir uma mulher numa rua no Mónaco. A mulher tentava evitar que o jogador estrangulasse a sua mulher.

Em 2015, Bille foi condenado a 60 dias de prisão e 80 horas de trabalho comunitário depois de provocar uma briga num clube noturno em Copenhaga. Na altura chegou a morder um polícia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.