Musa Noah Kamara, jogador originário da Serra Leoa, deu nas vistas depois de ser o melhor marcador da liga do seu país na temporada anterior, apontando 15 golos.

O Trelleborgs, da segunda divisão sueca, não perdeu tempo e assinou um contrato de três anos e meio com o jogador de 19 anos no passado dia 12 de agosto.

Mas, uma semana depois, o clube sueco veio anunciar em comunicado o cancelamento do contrato devido ao facto de Kamara ter pedido para voltar ao seu país “por motivos pessoais”.

Contudo, e de acordo com a pagina Leone Sport, Kamara revelou num áudio enviado através de WhatsApp que queria voltar à Serra Leoa por causa do tempo frio da Suécia. Revelou não estar confortável no país e chegou a afirmar que se suicidava se não lhe comprassem um bilhete de volta em 24 horas.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.