Este ano, Luka Modric venceu a Liga dos Campeões com o Real Madrid e foi vice-campeão do Mundo pela seleção croata. Depois disso pôs um ponto final na hegemonia de dez anos entre Cristiano Ronaldo e Lionel Messi para a Bola de Ouro e este sábado conquistou o Mundial de Clubes com os merengues.

Na conferência de imprensa depois do encontro com o Al Ain, Luka Modric admitiu que fecha o ano com chave de ouro. "Foi um ano inesquecível para mim, perfeito até. Ganhámos a Liga dos Campeões, a Croácia fez um Mundial espetacular, tive os prémios individuais e no final disso tudo mais um título com o Real Madrid. Fico muito feliz e vou lembrar-me para sempre. Não posso pedir mais nada", garantiu.

"Todos me dizem que devo rematar mais vezes, mas gosto mais de assistir os meus companheiros. Mas começo a dar-lhes razão. Quando remato, marco. Tenho de começar a rematar mais. Mas não é algo que me deixe ansioso. O mais importante é dar o meu máximo e ajudar a equipa a vencer os jogos", admitiu ainda o internacional croata.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.