O presidente da Autoridade Geral do Desporto dos Emirados Árabes Unidos, Mohammed Khalfan Rumaithi, anunciou hoje a candidatura à presidência da Confederação Asiática de Futebol (CAF), prometendo operar uma mudança no organismo continental.

“A Ásia merece mais e melhor”, disse o ex-chefe da Polícia de Abu Dhabi, que se afirma como alternativa ao atual presidente, Salman bin Ibrahim Al-Khalifa, do Bahrein, e ao também candidato Saud al-Muhannadi, vice-presidente da Federação de Futebol do Qatar.

Rumaithi, que apresentou a sua candidatura no Museu do Louvre de Abu Dhabi, prometeu fortalecer a independência das federações nacionais, um apoio anual de dois milhões de dólares (cerca de 1,8 milhões de euros) para cada uma delas e o desenvolvimento do futebol feminino.

“Chegou a hora da mudança”, reforçou o mais recente candidato às eleições para a presidência da CAF, marcadas para 06 de abril.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.