Os meses de maio, junho e julho vão contar com muito futebol nos quatro cantos do mundo. Numa altura em que as equipas preparam os plantéis para a temporada que se avizinha, muitas seleções, e de várias categorias, entram em campo para conquistar um título no seu palmarés.

Copa América, Gold Cup, Liga das Nações, e Mundial de futebol feminino são algumas das competições que vão preencher o calendário futebolístico nos meses de maior calor.

O SAPO Desporto recolheu as principais informações de cada uma delas e dá-lhe agora a conhecer o que pode acompanhar nos meses de maio, junho e julho.

Liga das Nações em solo português

Comecemos pela competição que pode dar à seleção de Portugal um novo título. As cidades de Porto e Braga acolhem, entre os dias 5 e 9 de junho, a fase final da Liga das Nações.

Holanda, Portugal, Suíça e Inglaterra disputam entre si a primeira edição desta prova que veio substituir os jogos particulares entre as seleções. As quatro equipas disputam a qualificação para o Europeu 2020, mas já têm garantido um lugar num futuro ‘play-off’ caso não alcancem a qualificação pela ‘via normal’.

As melhores fotos da semana
Liga das Nações: Portugal venceu a Polónia por 3-2. créditos: AFP or licensors

Brasil à procura da glória na Copa América

Depois de duas vitórias para o Chile (2016 e 2015) e uma para o Uruguai (2011), o Brasil procura recuperar da frustração no Mundial 2018 e conquistar a edição deste ano da Copa América, competição que vai sediar.

O país do samba e dos génios do futebol, que saiu vencedor na edição de 2011, recebe entre os dias 14 de junho e 7 de julho aquela que é a prova-rainha dos países sul-americanos.

Bolívia, Venezuela, Peru, Argentina, Colômbia, Paraguai, Chile, Uruguai, Equador, Japão e Qatar (dois países convidados).

Copa América 2016: Chile - Colômbia
Copa América 2016: Chile - Colômbia

Gold Cup dividida em três países

A Gold Cup, competição que junta as seleções da América do Norte e Central, tem lugar este ano nos Estados Unidos, país que habitualmente sedia esta competição, mas também no Chile e num país caribenho ainda por anunciar.

A prova decorre entre 15 de junho e 7 de julho e conta com as seguintes participantes: Ilhas Bermudas, Canadá, Cuba, Curaçao, El Salvador, Guiana, Haiti, Jamaica, Martinica, Nicarágua, Costa Rica, Honduras, México, Panamá, Trinidad e Tobago e Estados Unidos.

Os norte-americanos são os atuais detentores do título de uma prova que ‘apenas’ conheceu três vencedores: os Estados Unidos (seis títulos), o México (sete) e o Canadá.

Gold Cup: México vence Honduras
Gold Cup: México vence Honduras

Portugal quer repetir sucesso no Mundial sub-20

A seleção de Portugal parte para a Polónia durante o mês de maio à procura de repetir o sucesso já alcançado no Mundial de sub-20.

Hélio Sousa, que já foi campeão do mundo nesta categoria, procura na competição que decorre de 23 de maio a 15 de junho trazer para terras lusas o título conquistado em 1989 (em Riade) e em 1991, na prova que decorreu em solo português.

Uruguai, França, Estados Unidos, México, Nigéria, Mali, Nova Zelândia, Coreia do Sul, Itália, Arábia Saudita, Senegal, Argentina, Equador, Ucrânia, Honduras, Japão, África do Sul, Panamá, Noruega, Qatar e Taiti são as restantes seleções participantes.

A seleção de Portugal terá como adversários na fase de grupos desta prova a anfitriã Polónia, a França, o Uruguai, os Estados Unidos e o México.

Inglaterra, a atual detentora do título, não vai estar nesta competição.

Europeu Sub-19
Portugal sagra-se campeão

Revalidar o título no Europeu sub-19 e a ausência no Euro sub-21

Depois de no ano passado Portugal ter sido campeão do mundo no Europeu sub-19, conquista que valeu a presença no Mundial sub-20, a equipa das quinas parte este ano para a Arménia à procura de revalidar o título trazido da Finlândia.

A prova decorre entre os dias 14 e 27 de julho, mas ainda não se conhece a constituição dos grupos desta fase final.

Os participantes são Arménia (anfitrião), República Checa, França, Itália, Noruega, Portugal, República da Irlanda e Espanha.

Se podemos reconquistar o título de campeão europeu sub-19, o mesmo não se pode dizer da categoria dos sub-21.

A seleção de Rui Jorge falhou o apuramento no primeiro na Ronda de Elite (ficou em segundo lugar do grupo) e voltou a claudicar no ‘play-off’ frente à Polónia.

A Alemanha, detentora do título, procura reconquistar em Itália a conquista de 2017. A prova decorre de 16 a 30 de junho e conta com os seguintes participantes: Polónia, Bélgica, Itália, Espanha, Sérvia, Áustria, Alemanha, Dinamarca, Roménia, Croácia, França e Inglaterra.

França acolhe o Mundial de futebol feminino

O Campeonato do Mundo Feminino de 2019 vai ter lugar em nove cidades de França (Lyon, Paris, Nice, Montpellier, Rennes, Le Havre, Valenciennes, Reims e Grenoble), de 7 de Junho a 7 de Julho.

Em campo vão estar 24 selecções, oito delas europeias, juntamente com a anfitriã.

As seleções participantes são: Austrália, China, Coreia do Sul, Japão, Tailândia, África do Sul, Camarões, Nigéria, Argentina, Brasil, Chile, Alemanha, Escócia, Espanha, França, Inglaterra, Itália, Holanda, Noruega, Suécia, Canadá, Estados Unidos, Jamaica e Nova Zelândia.

Seleção dos Estados Unidos
Seleção dos Estados Unidos créditos: AFP

A seleção portuguesa não vai participar nesta competição, depois de ter terminado no terceiro lugar do seu grupo de qualificação, atrás de Bélgica e Itália.

O atual campeão em título Estados Unidos vai tentar alcançar o quarto título Mundial.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.