Daniel Angelici, presidente do Boca Juniors, confirmou, esta sexta-feira, que a chegada do Daniele de Rossi ao emblema de Buenos Aires está iminente.

O médio italiano, de 35 anos, está sem clube depois de ter terminado contrato com a AS Roma no final da última temporada.

O dirigente dos xeneizes falou aos jornalistas após a apresentação dos reforços Eduardo Salvio, Mac Allister e Hurtado e salientou que a operação por De Rossi será finalizada "nos próximos dias" e atirou: "Diria com uma certeza de 99% que será jogador do clube".

"Gosto dos jogadores que querem vir para o Boca, como foi o caso dos três que vieram. Hurtado tinha uma proposta de Itália, que poderia parecer-lhe melhor, mas falámos e preferiu vir para cá. O Toto [Salvio] igual. Estava no Benfica e tinha mercado, mas é do Boca. Fizemos o esforço porque quis vir", disse Angelici, em declarações reproduzidas pelo jornal argentino Olé.

"Ter um campeão do mundo enche-nos de orgulho, e penso que vai fazer bem ao futebol argentino, porque vai gerar muita expetativa. Como filho de italianos, enche-me de orgulho que um jogador italiano desta categoria dia que quer terminar a carreira no Boca", finalizou o dirigente.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.