Rustu Recber está internado, em estado crítico, depois de ter sido infetado com o COVID-19. O antigo guarda-redes da seleção da Turquia e do Barcelona foi hospitalizado no passado sábado por estar infetado com o novo coronavírus, revelou a sua mulher.

De acordo com a imprensa turca, o antigo guarda-redes terá sido infetado pela mulher, Isil, depois de uma viagem desta aos EUA. Os jornais turcos avançam que a mulher de Rustu não terá respeitado as normas de quarentena ao não estar em isolamento em sua casa, algo que Isil refuta.

"O meu único pedido é que as pessoas sejam conscientes e respeitadoras. O meu exame deu negativo, tal como o dos meus filhos. O Rustu está no hospital e não mo deixam ver, essa é a parte mais difícil. Não deixem de rezar por ele", pediu Isil, nas redes sociais.

Atualmente com 46 anos, Rustu Recber fez 120 jogos pela Turquia e representou clubes com o Fenerbache e o Besiktas, tendo conquistado cinco títulos turcos. O antigo guarda-redes fez parte da seleção da Turquia que chegou aos quartos de final do Euro2000 onde foi eliminada por Portugal. No Mundial de 2002, Rustu e a sua Turquia alcançara um espetacular terceiro lugar.

Rustu é a segunda figura do futebol turco a estar infetado, depois do treinador e ex-selecionador Fatih Terim. Em 2003/04, teve uma breve passagem pelo FC Barcelona, mas só fez sete jogos pelo emblema catalão.

O antigo guarda-redes é a segunda figura do futebol turco a estar infetado com COVID-19, depois do treinador e ex-selecionador Fatih Terim.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.