O selecionador do México, Tata Martino, voltou a abordar o polémico caso Corona e garantiu que conta com o jogador do FC Porto para a Gold Cup, prova continental norte-americana que vai realizar-se entre 15 de junho e 7 de julho, nos Estados Unidos, Costa Rica e Jamaica.

Em declarações reproduzidas pela imprensa mexicana, o técnico argentino revelou que houve uma viagem da equipa médica da seleção à cidade do Porto para obter mais informação clínica sobre o jogador.

"Houve uma viagem da nossa equipa médica para o Porto. Reuniram-se com a equipa médica do FC Porto, , com o jogador e creio que houve o reconhecimento de que não nos forneceram a informação necessária sobre o jogador. Tenho uma informação parcial. Não reuni com o médico que foi à reunião, entendo que o FC Porto tenha assumido o que lhe corresponde", começou por dizer o técnico.

"A partir de agora começamos uma nova etapa. Eu não viajei com a equipa, falei com os intermediários, que são os médicos, e eles passaram-me toda a informação. Está contemplado para a Gold Cup, tal como esteve para a anterior data FIFA", acrescentou.

Recorde-se que a polémica entre o FC Porto e a seleção do México estalou na última paragem para os compromissos das seleções. Corona não se apresentou no México, com os dragões a revelarem a existência de uma lesão no tornozelo, mas essa informação não convenceu Martino e os restantes responsáveis mexicanos. Agora parece estar tudo ultrapassado.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.