O sérvio Milovan Rajevac foi demitido do cargo de selecionador da Tailândia após perder no domingo na estreia da sua equipa na Taça da Ásia-2019, que está a ser disputada nos Emirados Árabes Unidos.

Na primeira partida no torneio, os tailandeses foram goleados por 4-1 pela Índia.

O técnico de 65 anos, que estava no cargo desde 2017, acabou por pagar pela má atuação dos 'Elefantes de Guerra', que sofreram três golos no segundo tempo.

"Não é o resultado que esperávamos nem o resultado que os adeptos merecem", lamentou Somyot Poompanmoung, presidente da Federação Tailandesa de Futebol.

O assistente Sirisak Yodyardthai assumirá as funções de selecionador para os próximos jogos na competição, contra Bahrein e os anfitriões dos Emirados Árabes Unidos.

Rajevac era o selecionador do Gana na histórica participação no Mundial da África do Sul-2010, quando a equipa africana surpreendeu ao chegar aos quartos de final, sendo eliminada nos penáltis pelo Uruguai.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.