As autoridades policiais belgas realizaram esta quarta-feira uma busca às instalações do Anderlecht e da Federação belga de futebol no âmbito de uma investigação relacionada com várias transferências do emblema nos últimos anos.

De acordo com a informação veiculada pela agência Reuters, as autoridades belgas abriram uma investigação relacionada com várias transferências de jogadores do Anderlecht nos últimos anos por alegadas situações de 'lavagem de dinheiro'.

Segundo uma fonte policial citada pela agência Reuters, as buscas realizadas esta quarta-feira às instalações do Anderlecht e da Federação belga de futebol foram motivadas pela referida investigação à possível lavagem de dinheiro nas transferências de vários futebolistas.

"Tínhamos algumas questões para os empresários que conduziram as transferências. É uma questão de lavagem de dinheiro", disse uma fonte policial à agência Reuters sobre a apreensão de documentos em ambos os locais.

As transferências em causa foram realizadas no período anterior a 2018 quando Marc Coucke sucedeu a Roger Vanden Stock na presidência do Anderlecht. Em causa está a transferência do avançado sérvio Aleksandar Mitrovic, que chegou a ser apontado a Benfica e FC Porto, para o Newcastle em 2015 e que rendeu cerca de 20 milhões de euros ao Anderlecht.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.