Os campeonatos principais de futebol da Turquia, da Croácia e da Bulgária vão ser retomados no final de maio e início de junho, após a suspensão, por causa da pandemia de covid-19.

No caso da I Liga turca, o regresso do futebol está previsto para 12 de junho e o final da competição para finais de julho, segundo o presidente da Federação turca, Nihat Ozdemir, que apontou ainda a realização da final da Liga dos Campeões em Istambul para o mês de agosto.

Os jogos na Turquia serão disputados à porta fechada e o Ministério da Saúde, seguindo as diretrizes dos seus conselheiros científicos, já definiu as regras e os procedimentos que os clubes estão obrigados a adotar para que os jogos se possam realizar.

"Terminaremos a I Liga em julho e em agosto acolheremos a final da Liga dos Campeões Europeus. O objetivo é acabar a temporada em 26 de julho, jogando em sete fins de semana, com uma jornada a meio da semana", disse o dirigente.

O Ministro da Saúde turco chegou a afirmar que o seu ministério não interveio na decisão da Federação de reiniciar os jogos da I Liga, sugerindo um desentendimento entre o Governo e o organismo que gere o futebol acerca desta questão.

"A federação tomou a decisão por sua própria iniciativa, logo a responsabilidade recai sobre ela", disse Fahrettin Koca, Ministro da Saúde, à imprensa.

A Turquia, que regista neste momento 3.580 mortos por covid-19 e 131.734 infetados, suspendeu as suas Ligas de futebol, basquetebol e voleibol em 20 de março, poucos dias após a primeira morte no país por covid-19 ter sido anunciada oficialmente.

Quando a I Liga croata foi suspensa, era liderada pelo Dínamo de Zagreb, com 65 pontos, seguido do Rijeka, com 47, e do Lokomotiv, com 46.

A Federação croata comprometeu-se a adotar as medidas necessárias para proteger a saúde dos jogadores e restantes participantes na organização dos jogos, tendo essas medidas de ser fiscalizadas pela Proteção Civil de acordo com as recomendações do Instituto de Saúde Pública.

Quanto à Bulgária, o seu Ministro dos Desportos, Krasen Kralev, revelou que o plano passa por retomar a I Liga, que foi suspensa a 13 de março, entre 05 e 12 de junho, podendo os clubes iniciar os treinos a partir de 15 do corrente mês.

Kralev acrescentou que os jogos decorrerão à porta fechada e que só terão acesso aos mesmos os futebolistas, treinadores e restante pessoal médico e de apoio, além de jornalistas e polícias.

A I Liga búlgara é liderada pelo Ludogorets, que é detentor do título há oito épocas consecutivas, com 55 pontos, seguido do Lokomotiv, do Levski e do CSKA de Sófia, todos com 46 pontos.

Já a Croácia planeia retomar a competição a 30 de maio com jogos da Taça da Croácia, a que se seguirão os jogos da I Liga a 06 de junho, sem público, anunciou hoje a Federação de futebol.

O Rijeka e o Osijek defrontar-se-ão a 30 de maio na primeira meia-final da Taça, e no dia seguinte estarão frente a frente o Slaven Belupo e Lokomotiv na outra meia-final, estando a final programada para o primeiro dia de agosto.

Também a Sérvia anunciou esta quarta-feira o retomar do escalão principal do futebol daquele país, que decorrerá até ao fim da fase regular, em que sejam disputados os 'play-offs' que se seguiriam.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.