O Recreativo da Caála rescindiu o contrato com o treinador principal de futebol, David Dias, que orientou o conjunto, durante as últimas três épocas, informou hoje, segunda-feira, à Angop, o secretário-geral do clube, Pacheco de Sousa.

Sem detalhar as razões da saída do técnico, que no Girabola 2018/2019 ocupou a 9ª posição, com 34 pontos, o dirigente desportivo disse apenas tratar-se de uma rescisão amigável.

Com a saída de David Dias, segundo Pacheco de Sousa, a direção está em negociações “bem avançadas” com o também angolano Hélder Teixeira, que já orientou a equipa principal na época 2015, no entanto, substituído pelo recém-demitido.

Realçou que a preferência recaiu, unicamente, para Hélder Teixeira, por ser um treinador bem conhecido, quer pela direção, quer pela massa associativa e adeptos do clube, além dos feitos, por ele alcançado, no Progresso do Sambizanga, onde esteve, nas últimas duas épocas.

Por outro lado, informou que a equipa, no quadro da preparação do  Girabola 2019/2020, vai abrir as suas portas no próximo dia 20, com todos os jogadores da época passada, sendo que as dispensas e contratação de novos jogadores dependerão do futuro treinador.

Sob liderança de David Dias, de 50 anos de idade, o Recreativo da Caála protagonizou uma sensacional reviravolta na tabela geral de pontuação, ao ascender da oitava para a primeira posição do Girabola, em 2010, ano em posicionou-se no 2ª lugar, com o mesmo número de pontos que o campeão (Interclube).

Depois do Caála, o treinador orientou o Progresso do Sambizanga. Como futebolista representou em Portugal as formações do Juventude de Lisboa, FC Torriense e FC Maia, além de ter participado na campanha de apuramento da seleção nacional ao CAN de 1996, disputado na África do Sul.

Fundado a 24 de Junho de 1944, o Recreativo da Caála disputa a prova maior do futebol nacional (Girabola) desde 2009, tem como melhor classificação na competição, o 2º lugar alcançado em 2010, com o mesmo número de pontos que o campeão nacional (Interclube). As piores épocas aconteceram em 2016 e 2017, ao posicionar-se na 11ª posição.

Possui, entre outras infra-estruturas, um estádio de futebol, inaugurado em 2013, com a capacidade para 11 mil e 15 lugares. Usa as cores azul, nos calções, e brancas, nas camisolas.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.