Com o golo solitário de Belito, aos 13 minutos, o FC Bravos do Maquis provocou, este domingo, no estádio Mundunduleno, no Luena, um misto de alegria aos adeptos, sócios e amantes do clube.

A equipa de casa, que não vence a quatro jogos, recebeu e venceu o Sporting de Cabinda, por 1-0, num jogo em que os “leões do norte” dominaram as duas partes, fruto da téctica e táctica demonstrada.

A equipa de casa entrou a dominar, sobretudo no meio campo, sem, no entanto, provocar perigo a baliza dos visitantes defendida por Leo.

O golo da equipa da casa aconteceu aos 11 minutos, após recarga de Belito a corrigir um penálti defendido de Gazeta.

No reatar, Zeca Amaral substitui Djamini, Chole, por Germano e Dabanda, respectivamente, com o intuito de mexer com o ataque da equipa, mais sem sucesso.

Apesar de dominar novamente o jogo, o Sporting de Cabinda, num estádio em que a relva esteve lamacenta devido a forte chuva que se abateu nos minutos iniciais, foi incapaz de empatar e vencer a equipa de casa.

Com este resultado, o FC Bravos do Maquis soma 18 pontos e fica provisoriamente na sexta posição do Girabola2019/20, enquanto o Sporting de Cabinda mantém-se com 17 pontos na oitava posição da tabela classificativa.

O campeonato é liderado pela 1.º de Agosto, com 30 pontos, enquanto o Santa Rita de Cássia é o último, com seis pontos.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.