Um golo de Paizinho perto do fim do jogo (85 minutos) foi suficiente para o Recreativo da Caála vencer na tarde deste domingo, no seu reduto, a Académica do Lobito, para a 2ª jornada do campeonato

Apesar de não ter sido uma partida vistosa, os donos de casa foram os que mais tentaram desfazer-se da igualdade nula, mas demonstravam pouca destreza na finalização.

Aos 32 e 38 minutos os caalenses estiveram muito próximo do golo, com Maninho a cabecear para uma defesa arrojada do guarda-redes contrário, que também teve de esforçar-se ao máximo para desviar um remate de Tchitchi que se encaminhava para o fundo da baliza.

Na etapa derradeira, o Recreativo da Caála subiu de rendimento, ante uma Académica que parecia estar conformada com o empate, optando por uma estratégia mais defensiva que na etapa inicial.

Aos 50 minutos, Paizinho introduziu a bola para o fundo da baliza, na sequência de uma defesa incompleta do guarda-redes Rui, mas o golo acabou por ser invalidado, por se considerar que o avançado, de 35 anos, se encontrava em posição ilegal.

O mesmo Paizinho, melhor marcador da história dos caalenses, com 52 golos, viria a marcar aos 85 minutos, ao desviar de cabeça um cruzamento de Pedro, sentenciando, assim, o resultado do jogo.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.