O Petro de Luanda depende apenas de si para conquistar o 16º troféu do Campeonato Nacional de futebol da primeira divisão, pois tem vantagens em relação ao seu principal rival 1º de Agosto.

Neste momento, os "petrolíferos" têm mais um ponto que os "militares" na classificação geral do Girabola'2019/20 (43 contra 42) e um jogo em atraso, bastando que vença todos os desafios que restam, para conseguir tal proeza, que persegue há dez anos.

A corrida inicia nesta quarta-feira quando às 15:00 defrontar o Progresso Sambizanga, no estádio dos Coqueiros, para acerto à 17 ª ronda. Em caso de triunfo, o Petro somará 46 pontos, e mesmo que o 1º de Agosto também vença hoje o Sagrada Esperança, totalizando 45 pts, restará aos "tricolores" outra partida em atraso, com o Desportivo da Huíla, em Março.

Analisando de outro modo. Vencendo os huilanos o Petro somará 49 pontos contra 45 do 1º de Agosto e se na pior das hipóteses perder o desafio entre si, nesta segunda volta, continuaria a manter a vantagem de um ponto (49-48).

No jogo da primeira volta (3ª jornada), o Petro venceu o Progresso, por 2-1, no estádio 11 de Novembro.

Já o 1º de Agosto, desalojado da liderança na 21ª ronda, no último final de semana, defronta às 17:30 o Sagrada Esperança da Lunda Norte (8º/25 pts), no estádio 11 de Novembro, em Luanda, para acerto à 18ª jornada.

Os “militares” esperam por um deslize do líder para manterem a esperança de conquista do quinto título consecutivo e o 14º no total.

Na última vez que se defrontaram, o 1º de Agosto venceu, no Dundo, por 1-0, para a terceira jornada do campeonato.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.