A Federação Angolana de Futebol (FAF) confirmou na sexta-feira, em comunicado chegado à Angop, a desistência da equipa do JGM do Huambo do campeonato nacional da I divisão, Girabola2018, por razões financeiras.

Neste sentido, o Conselho Técnico da FAF retirou todos pontos às formações que já defrontaram o JGM e aguarda por outras decisões do Conselho de Disciplina, que deverá aplicar as devidas sanções.

Em função disso, o líder Interclube fica com menos três pontos, de 26 para 23, e o Kabuscorp, até então segundo colocado, reduz para 18, e é apanhado pelo 1º de Agosto, com os mesmos pontos.

Será a primeira vez na sua história que a principal prova do futebol nacional estará reduzida com menos um participante. Nas edições anteriores várias formações já ameaçaram o abandono pelas mesmas razões, mas acabaram por permanecer.

Trata-se, como exemplo, dos casos do Atlético Sport Aviação (ASA), Sporting de Cabinda, Progresso da Lunda Sul, Recreativo da Caála do Huambo, Académica do Lobito, 1º de Maio de Benguela e o próprio JGM.

A equipa do JGM ocupava o último lugar, com três pontos.

Eis a classificação em função dos três pontos retirados:

1º – Interclube 23 pontos

2º- 1º de Agosto 18

3º- Kabuscorp do Palanca 18

4º - Desportivo da Huíla 16

5º - Académica do Lobito 16

6º - Sagrada Esperança 15

7º - Petro de Luanda 14

8º - Progresso do Sambizanga 14

9º- Recreativo do Libolo 14

10º- FC Bravos do Maquis 14

11º- 1º de Maio de Benguela 13

12º- Recreativo da Caála 11

13º- Sporting de Cabinda 11

14º- Kuando Kubango FC 11

15º- Domant FC do Bengo 09

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.