O golo de Job, aos 13 minutos, tirou o Petro de Luanda da quarta para a segunda posição com 17 pontos, na vitória de 1-0, diante do Interclube, no jogo da 10ª jornada do Campeonato Nacional de futebol da primeira divisão (Girabola2018/19).

Na partida disputado no Estádio 22 de Junho, registou-se muitas queixas da equipa de arbitragem chefiada por Ailton Carmelino. Mas ainda assim os petrolíferos confirmaram a sua supremacia como candidato ao título.

O médio ofensivo, Job, autor do único golo da partida, foi travado a entrar na grande área adversária, e o mesmo, na cobrança da falta, não deu chances de defesa ao guarda-redes Landu que viu a bola já nas redes.

A equipa da casa procurou impor o seu jogo, mas até aos trinta e cinco minutos da contenda os “tricolores” dominavam o meio campo dos “polícias” que poucas vezes chegava a baliza visitante, sem muito perigo até ao intervalo.

No reatamento, a equipa afecta ao Ministério do Interior teve o melhor controlo do jogo mas não criou ocasião de golo, já os petrolíferos geriram o resultado magro até ao apito final.

Na próxima jornada (11ª), o Petro de Luanda vai defrontar o Desportivo da Huíla e Interclube que mantém na nona posição, vai visitar o Saurimo F.C.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.