O Atlético Sport Aviação (ASA) foi incapaz de vencer o Progresso do Sambizanga, ao empatar, por 0-0, em jogo da 10ª Jornada do Campeonato Nacional de Futebol da Primeira Divisão, disputado, domingo, no estádio dos Coqueiros.

Logo aos cinco minutos faltou calma ao atacante dos sambilas, Yano, que já dentro da área contrária rematou por cima da baliza de Feliciano.

Na resposta, um minuto depois, os aviadores, que jogavam na condição de anfitriões, viram o seu avançado Modesto a ser empurrado na grande área de Nelson, mas o lance pareceu confuso e o árbitro João Goma mandou prosseguir a partida.

Aos poucos a turma do aeroporto assumia o domínio do duelo. Fofó era o que mais criava espaços para servir os colegas Modesto e Amarildo, mas o adversário impedia que os mesmos finalizassem com êxito.

Volvidos 23 minutos o mesmo Fofó, na sequência de um livre, quase abriu o marcador, mas a bola passou ao lado.

Já aos 40 minutos, foi a vez dos sambilas cometerem um falhanço. Novamente Yano, com um golpe de cabaça, fez a bola bater na barra da baliza de Feliciano.

O ASA viu o juiz a anular um golo rubricado pelo Amarildo, aos 44 minutos, mas a bola havia transposto a linha do fundo momentos antes do cruzamento de Lukeba e o nulo manteve-se até ao intervalo.

No reatamento, as equipas procuraram o desempate do marcador e, fruto disso, Joãozinho, quase do meio campo, forçou Feliciano a uma defesa arrojada com um remate forte.

Já Gebusa por pouco não colocava o ASA em vantagem, mas o guarda redes Nelson desviou o lance com os punhos para o canto aos 55 minutos.

Os visitantes tornaram ainda a dar sinal de perigo na reta final, mercê de uma ponta pé do inconformado Joãozinho que embateu no ângulo superior esquerdo da baliza de Feliciano. O marcador manteve-se em branco até ao fim.

Com este resultado, os aviadores somam dez pontos, na 14ª posição, enquanto os sambilas estão com 12, no oitavo lugar.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.