A direção do Recreativo da Caála rescindiu segunda-feira o vínculo contratual com o treinador Hélder Teixeira, que estava à frente da equipa nos últimos cinco meses, confirmou à ANGOP fonte do clube.

Segundo a mesma fonte, alguns indicadores já não eram favoráveis para que Hélder Teixeira continuasse a orientar o conjunto.

Contratado no início da temporada, com objectivo de ocupar os cinco primeiros lugares do Girabola2019/20, o técnico deixa a formação do planalto central na 12ª posição, com 10 pontos ( três vitórias, um empate e seis derrotas).

Foi criada uma comissão técnica, liderada pelo treinador adjunto, Luís Quintas, cuja estreia está prevista para o próximo fim-de-semana, quando receber, o  Williet de Benguela, para 11ª jornada da maior prova do futebol nacional.

De 50 anos de idade, Hélder Teixeira estreou-se como treinador em 2008, ao serviço do Recreativo da Caála, tendo um ano depois rumado para o Benfica do Huambo. Dirigiu também o Cafanda do Bengo. Todas estas formações militavam na II divisão.

Regressou ao Recreativo da Caála em 2011, para coordenar os escalões de formação e treinar a equipa de juniores, com a qual viria a sagrar-se vice-campeão nacional em 2014, seguido de um 3º lugar.

Como futebolista, Hélder Teixeira notabilizou-se no Benfica do Huambo, proveniente do Desportivo de Benguela.

Atingiu o auge da sua carreira defendendo a baliza do Petro de Luanda, onde foi tricampeão nacional (1993, 1994 e 1995), venceu duas taças de Angola e duas supertaças.

Entre 1994 e 1995 era presença constante nas convocatórias da selecção de honras, nos torneios de apuramento ao campeonato do Mundo e ao Campeonato Africano das Nações (CAN).

Fundado a 24 de Junho de 1944, o Recreativo da Caála disputa a prova maior do futebol nacional (Girabola) desde 2009, tem como melhor classificação na competição, o 2º lugar alcançado em 2010, com o mesmo número de pontos que o campeão nacional (Interclube). As piores épocas aconteceram em 2016 e 2017, ao posicionar-se na 11ª posição.

Possui, entre outras infra-estruturas, um estádio de futebol, inaugurado em 2013, com a capacidade para 11 mil e 15 lugares. Usa as cores azul, nos calções, e  branca, nas camisolas.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.