O treinador português Pedro Martins chegou a acordo com o clube de futebol grego Olympiacos para prolongar o contrato entre as duas partes até junho de 2022, anunciou hoje a sua assessoria de imprensa.

O treinador, de 49 anos, que vive na Grécia a primeira experiência no estrangeiro, continuará assim ligado à equipa de Pireu, que passou a orientar desde maio de 2018, com um registo de 64 vitórias, 18 empates e 13 derrotas em 95 jogos.

"Estou muito feliz e é um motivo de grande orgulho e responsabilidade liderar esta equipa. Queremos dar seguimento ao trabalho que iniciámos em maio de 2018. Temos feito uma excelente época e vamos continuar a lutar pelos objetivos deste grande clube, que são conquistar títulos", disse Pedro Martins, que agradeceu ao presidente do clube a confiança depositada e aos adeptos, prometendo que a equipa irá corresponder às expectativas e dar-lhes alegrias.

Quando a Superliga grega foi suspensa devido à pandemia da covid-19, a equipa de Pedro Martins liderava com 20 vitórias e seis empates em 26 jornadas, e somava mais 14 pontos do que o segundo classificado, o PAOK Salónica, também orientado por um treinador português, Abel Ferreira.

O Olympiacos também se apurou para as meias-finais da Taça da Grécia e tem tido uma boa campanha nas provas europeias e está nos oitavos de final da Liga Europa, depois de afastar o Arsenal.

Na primeira mão, o Olympiacos empatou a um golo na receção aos ingleses do Wolverhampton, treinados pelo português Nuno Espírito Santo.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.