Os jovens futebolistas Jota e Florentino Luís estão entusiasmados com o trabalho que está a ser desenvolvido pelo plantel principal do Benfica nos Estados Unidos (EUA), considerando que esta fase é fundamental para atacar os objetivos da época.

"A preparação começou ainda antes de virmos para os Estados Unidos (EUA). Temos vindo a desenvolver um excelente trabalho, ontem [quarta-feira] também com mais um bom jogo de treino - ainda não a contar para esta competição [International Champions Cup (ICC)], mas um excelente teste para o que vem aí e, a título pessoal, foi muito bom ter feito o 'hat-trick', mas o que há a valorizar é a exibição da equipa", afirmou aos jornalistas Jota, de 20 anos, à margem de um treino aberto aos adeptos ‘encarnados’ na Universidade de Stanford, na Califórnia.

Por seu turno, Florentino Luís, de 19 anos, sublinhou que o estágio está a ser "muito bom" e a permitir que todos os jogadores assimilem os conceitos de jogo de Bruno Lage.

"Está a ser muito bom, está a dar para assimilar os processos. Estão aqui jogadores novos e estão a integrar-se bem. Acho que estamos a conseguir encaixar as ideias do 'mister' e acho que isso é o mais importante", afirmou, garantindo que "o grupo está confiante e está consciente de que tem muita qualidade e que cada jogador vai dar o melhor de si para assegurar um lugar, mas isso é que faz as grandes equipas".

Questionado sobre se está preparado para 'herdar' o lugar de segundo avançado na equipa principal, depois da saída de João Félix, Jota passou a bola para o treinador Bruno Lage, realçando que cada jogador tem as suas características próprias.

"Isso depende do 'mister', depende daquilo que a equipa pede, porque todos os jogadores são diferentes: eu sou o Jota, o Félix é o Félix, por isso, ele tem características diferentes das minhas e eu das dele. Consoante as características de cada jogador, depois forma-se um modelo de jogo, com aquilo que nós conseguimos fazer dentro de campo, e isso compete ao 'mister' e não a mim", atirou.

O próximo compromisso do Benfica é no sábado, frente aos mexicanos do Chivas, e os dois jogadores destacaram a qualidade do adversário, ao mesmo tempo que mostraram confiança num bom resultado.

Quanto ao primeiro jogo oficial da época, a Supertaça de Portugal (04 de agosto), que vai ser disputada entre os rivais de Lisboa Benfica e Sporting, ambos os jovens - que integraram o plantel principal do Benfica em janeiro último - mostraram confiança na vitória das 'águias'.

"Até lá ainda temos muita coisa para trabalhar. É obviamente o nosso próximo foco. Agora temos esta competição, já a preparar esse jogo. Será certamente um jogo muito difícil, mas até lá ainda há muita coisa a decorrer. Temos que nos preparar bem para esse jogo", disse Jota.

Já Florentino garantiu que o grupo, para já, só pensa na ICC, de forma a estar preparado da "melhor maneira" para essa partida frente ao Sporting.

No que toca à luta pelo título, Jota considerou que o facto de o Benfica ter mantido grande parte do grupo do ano passado pode ser importante, enquanto Florentino salientou que vai ser novamente um campeonato "muito difícil", tal como o da última temporada.

"Nós mantivemos o grupo quase todo e acho que isso é muito bom para encarar esta época porque manteve-se a maioria da malta e os processos já estão cá. Agora, é só aprimorar alguma coisa. Acho que é um ponto a favor, tenho que ser sincero, ter um núcleo já do ano passado. E depois de termos sido campeões desenvolveram-se cá dentro muitas coisas importantes para o princípio desta época, mas isso não adianta se depois não formos consistentes ao longo da época", frisou Jota.

E Florentino acrescentou: "Sabemos que vai ser um campeonato muito difícil, como foi o do ano passado, vamos passo a passo e estamos focados na nossa preparação".

Sobre a renovação do contrato, Jota mostrou-se descontraído, considerando que este não é o momento certo para falar disso.

"Isso é uma coisa que não temos que falar neste momento. Eu tenho contrato com o Benfica por muitos anos e estou muito feliz no Benfica, é o clube do meu coração, portanto, eu quero é jogar à bola e continuar", rematou.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.