SAPO Desporto

Estado Terminado Tempo de jogo 90' Tempo extra + 6'

2 - 1

Crónica do jogo

Presidente da República felicita Jorge Jesus por conquista da Taça Libertadores

Treinador português venceu a Libertadores com o Flamengo. Ler mais
O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, enviou hoje "um abraço amigo de felicitações" ao treinador do Flamengo, Jorge Jesus, pela conquista da Taça Libertadores com uma vitória 2-1 sobre o River Plate, da Argentina."Sendo a primeira vez que um treinador português vence a Taça Libertadores, o Presidente da República envia um abraço amigo de felicitações a Jorge Jesus", diz Marcelo Rebelo de Sousa numa mensagem transmitida à agência Lusa.

Ler mais

Ao minuto

  • 95'
     
    Flamengo: Cartão vermelho! Gabriel é expulso!
  •  
    95'
    River Plate: E. Palacios é expulso com vermelho directo!
  • 93'
     
  • 92'
     
    Flamengo: Golo de Gabriel! Gabigol enche o pé e bate Armani pela segunda vez em apenas quatro minutos.
  • 89'
     
    Flamengo: Golo de Gabriel! O atacante brasileiro aparece ao segundo poste a desviar um centro para o fundo das redes. Empata o Mengão
  •  
    85'
     
    O River Plate continua a ameaçar no contra-ataque. Pratto, por duas vezes, optou pelo remate em vez do passe. Falta pouco tempo para o Flamengo dar a volta.
  • 80'
     
  •  
    79'
     
    Grande oportunidade que Gabriel Barbosa perde. O avançado tenta colocar na área mas aparece Pinola a cortar. Era um lance muito perigoso.
  •  
    76'
     
    Boa jogada de Bruno Henrique, que mete em Gabigol e este em Everton Ribeiro. O centro chegou a De Arrascaeta mas o remate acrobático não foi na direção da baliza. Na ressaca, Diego atirou à meia volta, por cima.
  •  
    71'
  •  
    68'
     
    Fernández domina no peito e remata de pé esquerdo, para fora. River melhor, Flamengo em apuros
  •  
    67'
     
    Corte providencial de Rodrigo Caio, que impede a bola de chegar a Santos Borré. O colombiano estava preparado para fazer o 2-0
  • 66'
     
  •  
    65'
     
    Cruza Felipe Luis, Everton Ribeiro penteia a bola mas longe do alvo. Flamengo em crescimento.
  •  
    59'
     
    Árbitro manda seguir, depois de conversa com o vídeo-árbitro
  •  
    58'
     
    Há VAR na jogada. Flamengo pediu penalti por possível mão de Montiel. Lance em análise
  •  
    57'
     
    O que acaba de falhar o Flamengo: Gabriel Jesus primeiro e Everton Ribeiro na recarga, em dois remates que não ultrapassam a barreira de pernas de defesas argentinos. Armani segurou o último tiro.Que perdida! Destaque para a boa arrancada de Bruno Henrique.
  • 54'
     
  •  
    53'
     
    Palacios remata de fora da área, para fora. O River está a subir no terreno, recomeça a ganhar vantagem na posse de bola.
  •  
    53'
     
    Mais uma boa iniciativa atacante do Mengão mas Armani sai dos postes e fica com a bola
  •  
    50'
     
    Arrancada fantástica de Santos Borré, a deixar um contrário para trás mas aparece Pablo Marí a fazer o corte de carrinho, para fora.
  •  
    47'
     
    Primeiro remate de Gabigol na partida mas à figura de Armani. O Flamengo precisa de outra atitude neste segundo tempo para dar a volta ao marcador
  •  
    46'
     
    Começa a segunda parte
  •  
    48'
     
    Roberto Tobar apita para o intervalo. O Flamengo entrou bem mas depois o River cresceu no jogo. Quando se apanhou a ganhar, estabilizou o seu jogo, ao contrário dos jogadores de Jorge Jesus que não conseguem entrar no último reduto dos argentinos. Jesus tem de mudar muita coisa se quiser vencer este jogo
  •  
    47'
  •  
    45'
     
    Vão-se jogar mais três minutos neste primeiro tempo.
  •  
    40'
     
    Choque violento entre Rafinha e De La Cruz. O árbitro manda parar o jogo para assistência aos dois jogadores
  •  
    37'
     
    Contra-ataque fantástico do River Plate, a bola chega até Palacios, que remata de fora da área para fora. A bola passa muito perto do poste de Diego Alves.
  •  
    30'
  •  
    27'
     
    Mais uma perda de bola em zona proibida por parte do Flamengo. Os brasileiros precisam de entrar no jogo, ou isto pode ficar complicado. Muito bem o River Plate
  •  
    26'
     
    Everton Ribeiro perde a bola em zona proibida, Suárez ganha e dispara, para fora. A bola bateu em Gerson, logo é canto
  •  
    22'
     
    Os adeptos do River Plate vão fazendo a festa no Monumental. Depois de uma entrada cautelosa, os argentinos estão a vencer e estão por cima no jogo.
  •  
    21'
     
    Mais uma jogada de perigo do River Plate pela esquerda, de la Cruz aparece na área mas remata mal. A bola sai para fora, tocado pelo avançado dos argentinos.
  •  
    14'
    River Plate: Golo de R. Borré! O atacante aproveita as falha des Gerson e Arão para disparar para o 1-0. Golo do River ao primeiro remate.
  •  
    10'
     
    Bruno Henrique com o primeiro remate do jogo mas para fora.
  •  
    9'
     
    Contra-ataque perigoso do River Plate que Felipe Luis resolve, em esforço
  •  
    7'
     
    Rodrigo Caio está a sangrar do nariz. Problemas para Jesus...
  •  
    4'
     
    Primeiro lance de perigo: centro de Arrascaeta e Armani sai a soco. Guarda-redes argentino fica maltratado após o lance
  •  
     
    Uma curiosidade: O troféu da Libertadores foi criado no Peru em 1959, precisamente o país onde vai decorrer esta final. O troféu original é feito de prata e tem quase um metro de altura (99cm). Pesa cerca de 10 quilos, mas este permanece no museu da CONMEBOL, em Assunção no Paraguai. O clube vencedor recebe uma réplica do troféu.
  •  
     
    De recordar que o vencedor da competição ganha o direito de representar a CONMEBOL no Campeonato do Mundo de Clubes, a realizar-se em dezembro.
  •  
     
    O River Plate pode chegar aos cinco troféus da Livertadores. Com Marcelo Gallardo, o atual técnico, venceu dois. A Argentina é o país com mais títulos (25), seguido do Brasil (18), ou seja, os países mais fortes da América do Sul no que o futebol diz respeito são os mais titulados.
  •  
     
    O Flamengo vai tentar vencer a prova maior do futebol sul-americano a nível de clubes pela segunda vez na sua história. O primeiro e único título da Libertadores conquistado até agora foi conseguido em 1981, há 38 anos, numa equipa comandada pela lenda Zico. Já o River Plate, atual campeão, venceu a prova em 1986, 1996, 2015 e 2018 (perdeu duas finais, em 1966 e em 1976).
  •  
     
    Onze do River Plate: Armani; Montiel, Martínez, Pinola e Casco; Enzo Pérez, Nacho Fernández, Palacios e De La Cruz; Santos Borré e Suárez. Suplentes do River Plate: Enrique Bologna, Rojas, Gallardo, Angileri, Paulo Díaz, Carrascal, Quintero, Santiago Sosa, Ponzio, Julián Álvarez, Lucas Pratto e Scocco.
  •  
     
    Onze do Flamengo: Diego Alves, Rafinha, Pablo Mari, Rodrigo Caio e Filipe Luís; Gerson e Arão; Evérton Ribeiro, Arrascaeta e Bruno Henrique; Gabriel Barbosa. Suplentes do Flamengo: César, Rodinei, Rhodolfo, René, Diego, Piris da Motta, Vitinho, Vinícius Souza, Reinier, Lincoln, Thuler e Berrio.
  •  
     
    Este pode ser um fim-de-semana histórico para Jorge Jesus. O técnico português pode vencer a Taça Libertadores da América no sábado e vencer o Brasileirão no domingo, caso o Palmeiras não vença o Grêmio.
  •  
     
    Equipas prováveis: River Plate: Franco Armani; Gonzalo Montiel, Lucas Martínez Quarta, Javier Pinola, Milton Casco; Enzo Pérez, Exequiel Palacios, Ignacio Fernández, Nicolás de la Cruz; Rafael Santos Borré e Matías Suárez. Treinador: Marcelo Gallardo. Flamengo: Diego Alves; Rafinha, Pablo Marí, Rodrigo Caio, Filipe Luis; Willian Arão, Gérson; Giorgian De Arrascaeta, Everton Ribeiro, Bruno Henrique; Gabriel Barbosa. Treinador: Jorge Jesus.
  •  
     
    O jogo, inicialmente marcado para Santiago do Chile, foi transferido para o Estádio Monumental (capacidade para 80 mil espetadores), em Lima, Peru. Esta é a primeira vez, desde a criação da prova em 1960, que a capital peruana recebe a final da Libertadores. depois da decisão da Conmebol de não organizar o jogo em Santiago devido à crise social no Chile.
  •  
     
    O árbitro chileno Roberto Tobar foi o escolhido para dirigir a final da Taça Libertadores em futebol. Roberto Tobar, 41 anos, é árbitro FIFA desde 2011 e vai repetir a presença na final da Taça Libertadores, depois de na época passada ter dirigido a primeira mão da decisão entre Boca Juniors e River Plate, jogada no La Bombonera, em Buenos Aires.
  •  
     
    Em caso de vitória do Flamengo, Jorge Jesus tornar-se-á no segundo treinador europeu a vencer a prova e o primeiro a ganhar esta que é a 'Champions' da América do Sul. Se o River Plate vencer, Marcelo Gallardo passará a ter três conquistas como treinador, passando assim a ser o segundo mais titulado, atrás apenas atrás de Carlos Bianchi, que venceu pelo Vélez Sarsfield, em 1994, e outras três com o Boca Juniors, em 2000, 2001 e 2003.
  •  
     
    O Flamengo, orientado por Jorge Jesus, afastou o Grêmio de Porto Alegre nas meias-finais, com 1-1 fora de portas e 5-0 no Maracanã. Já o River Plate, de Marcelo Gallardo, eliminou o rival Boca Juniors, com derrota 0-1 fora de portas e vitória 2-0 em casa. Os 'millionarios' são os atuais detentores do troféu.
  •  
     
    Os argentinos do River Plate e os brasileiros do Flamengo disputam a final da 60.ª edição da Taça Libertadores da América, a 'Champions' da América Latina.

Notícias relacionadas

Equipas

Estatísticas

  • 2
    1
    Golos
  • 3
    2
    Remates à baliza
  • 50
    50
    Posse de bola
  • 42
    49
    Ataques perigosos
  • 78
    79
    Ataques
  • 0
    0
    Remates ao poste
  • 7
    10
    Remates
  • 0
    1
    Defesas
  • 2
    3
    Cantos
  • 11
    6
    Pontapés de baliza
  • 2
    4
    Foras de jogo
  • 12
    25
    Faltas
  • 3
    3
    Cartões amarelos
  • 0
    0
    Cartões duplos amarelos
  • 1
    1
    Cartões vermelhos
 

Comentários

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.