Depois de, há um ano, ter pago 60 milhões de euros ao Eitrnacht Frankfurt para contratar Luka Jovic, o Real Madrid parece ter perdido em definitivo a paciência com o avançado sérvio e estará disponível para vender em definitivo o seu passe.

Segundo escreve o jornal 'Marca' esta quinta-feira, a ideia inicial até passaria apenas por emprestar Jovic, mas as constantes situações geradas à volta do jogador levaram a que a decisão passe, agora, pela venda definitiva do atacante que já passou pelo Benfica.

Jovic, recorde-se, durante o confinamento não respeitou as regras, tendo sido advertido quer pelo clube quer pelas próprias autoridades do seu país, regressou depois lesionado a Madrid e voltou a desrespeitar por várias vezes as normas de isolamento.

Além disso, também dentro de campo ficou àquem das expectativas, com apenas dois golos marcados e um total de apenas 772 minutos em campo.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.