O jogador belga do Real Madrid Thibaut Courtois revelou hoje que se tornou guarda-redes de futebol profissional graças à admiração por Iker Casillas, antigo jogador dos 'merengues' e do FC Porto, quando era jovem.

"Quando Iker começou a jogar pelo Real Madrid assisti aos jogos dele e tornei-me guarda-redes. Gostava de vê-lo e gostava do Real Madrid”, admitiu Courtois, durante um direto nas suas redes sociais.

O guardião, de 27 anos, que regressou em 2018/19 a Madrid, onde tinha representado o rival Atlético durante três anos, confessou que outro antigo jogador de renome na sua posição se tornou uma referência.

“Quando, aos 14 anos, vi que era muito alto e magro, olhava muito para Van der Sar, porque era o meu estilo”, contou o futebolista formado no Genk.

Desafiado a apontar os guarda-redes da atualidade que mais admira, Courtois elogiou o alemão Ter Stegen, do FC Barcelona, o esloveno Jan Oblak, do Atlético Madrid e que também representou o Benfica, e Álex Remiro, da Real Sociedad.

O belga, que atuou nos ingleses do Chelsea entre 2014 e 2018, falou ainda das suas qualidades, destacando a sua “força mental” como fundamental.

"Eu destacaria minha capacidade {mental] por tudo o que aconteceu no último ano e meio. Se não fosse muito forte mentalmente, não poderia superar o que aconteceu e, depois, demonstrar o que valho quando vou para os jogos. Tens de ser forte de cabeça, porque todos cometem erros, mas os guarda-redes custam golos. Depois do jogo, devemos esquecer o erro e não olhar para trás”, explicou.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.