A equipa de futebol do FC Barcelona observou hoje um minuto de silêncio em memória das vítimas dos atentados terroristas de quinta-feira na capital catalã e em Cambrils.

Jogadores e corpo técnico juntaram-se no campo de treino da Cidade Desportiva de Joan Gamper, antes da sessão matinal de treinos da equipa, ao mesmo tempo que as bandeiras foram colocadas a meia haste na entrada principal do estádio do clube.

Também os jogadores do Espanyol, outro clube catalão, respeitaram um minuto de silêncio no respetivo campo de treino, colocando uma mensagem na rede social Twitter onde se lê: “Viste-nos nascer e tornarmo-nos centenários. Sempre juntos, sempre teus. Com o maior orgulho”.

Um ataque terrorista em Barcelona, na tarde de quinta-feira, provocou 13 mortos e cerca de uma centena de feridos, após uma furgoneta ter galgado um passeio e atropelado dezenas de pessoas, nas Ramblas, no centro da cidade.

O ataque ocorreu pela 17:00 locais (16:00 em Lisboa) e foi entretanto reivindicado pelo grupo 'jihadista' Estado Islâmico, através dos seus canais oficiais de comunicação.

A polícia catalã já deteve dois suspeitos de envolvimento no ataque e um outro suposto autor do atentado foi encontrado morto em Sant Just Desvern, em Baix Llobregat, a 12 quilómetros de Barcelona, depois de uma troca de tiros com a Polícia catalã, após ter forçado a passagem de um controlo policial e ter atropelado uma polícia.

O motorista da furgoneta utilizada no ataque terrorista nas Ramblas ainda estará em fuga.

Na operação policial montada a seguir ao atentado, foram igualmente mortos pelo menos quatro supostos terroristas em Cambrils, a 117 quilómetros de Barcelona, que estariam a preparar um outro atentado nesta localidade balnear.

A comunidade internacional já condenou este ataque que fez vítimas de, pelo menos, 18 nacionalidades diferentes.

Ao final de quinta-feira, o secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Luis Carneiro, referia não ter conhecimento da existência de portugueses entre as vítimas do atentado de Barcelona.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.