Um ‘hat-trick’ do futebolista argentino Lionel Messi ‘empurrou’ hoje o FC Barcelona para uma goleada (5-0) sobre o vizinho Espanyol, que vale aos catalães quatro pontos de vantagem sobre o Real Madrid, após três rondas da Liga espanhola.

Messi, que já era o melhor marcador do dérbi catalão, aumentou a sua contagem face ao Espanyol para 20 golos, ao marcar aos 26, 35 e 67 minutos, o primeiro em posição irregular e os outros dois após assistências de Jordi Alba. Soma cinco na prova.

Depois do festival Messi, face a um Espanyol que foi criando ocasiões, mas foi muito ineficaz, o central Piqué apontou o quarto, de cabeça, após canto de Rakitic, aos 87 minutos, e o uruguaio Luís Suárez o quinto, aos 90, servido pelo estreante Dembelé, que entrou aos 68.

Na equipa da casa, Nélson Semedo foi titular, jogando os 90 minutos, enquanto André Gomes, que ainda não tinha alinhado no campeonato, entrou aos 77 e participou no último tento, ao fazer o passe que lançou o reforço francês na direita.

O ‘Barça’ manteve, assim, o pleno de triunfo, com nove golos marcados e nenhum sofrido, para um total de nove pontos, já mais quatro do que o campeão em título Real Madrid, que cedeu o segundo empate consecutivo em casa, perante o Levante (1-1).

Ainda sem o castigado Cristiano Ronaldo (também não estará na quarta ronda) e com algumas poupanças, os madrilenos estiveram mesmo a perder, por culpa de um tento de Ivi, aos 12 minutos.

Os bicampeões europeus em títulos ripostaram aos 36 minutos, por Lucas Vázquez, mas não conseguiram chegar ao triunfo, sendo que Toni Kroos atirou ao poste, nos descontos, já depois da expulsão de Marcelo, aos 89.

Com os mesmos cinco pontos dos ‘merengues’, seguem também o Valência e o Atlético de Madrid, que empataram hoje a zero, no Mestalla, mantendo-se ambos sem perder.

Depois de abrir com uma vitória caseira face ao Las Palmas (1-0), o conjunto ‘ché’ somou o segundo empate consecutivo face aos ‘grandes’ de Madrid, já que, na ronda anterior, havia conquistado um ponto no Santiago Bernabéu (2-2).

Por seu lado, os ‘colchoneros’, que ainda só cumpriram jogos fora, porque o solicitaram à Liga, também bateram o Las Palmas, por 5-1, sendo que se estrearam com um 2-2 em Girona.

Na equipa da casa, Gonçalo Guedes cumpriu o primeiro jogo, entrando aos 61 minutos, sendo que alinharam mais dois ex-benfiquistas em cada equipa: Rodrigo e Garay no Valência e Oblak e Gaitán no conjunto comandado por Diego Simeone.

Na frente, o FC Barcelona ainda pode ser alcançado pela Real Sociedad (joga domingo no reduto do Deportivo), mas, para já lidera com mais dois pontos do que o Sevilha, que recebeu e bateu o Eibar por 3-0.

O brasileiro Paulo Henrique Ganso, aos 46 minutos, o francês Wissam Ben Yedder, aos 76, e o ex-benfiquista Nolito, aos 90+2, selaram o triunfo dos andaluzes, que contaram os 90 com o internacional luso Daniel Carriço.

Na sexta-feira, no arranque da ronda, o Leganes cedeu os primeiros pontos, mantendo-se com seis, ao perder por 2-1 na receção ao Getefe.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.