O agente Jorge Mendes, que representa o futebolista Cristiano Ronaldo, disse hoje que o avançado da Juventus “merecia pelo menos uma das últimas duas Bolas de Ouro”, que não ganhou porque deixou de jogar no Real Madrid.

“Se tivesse jogado no Real, tinha ganho a Bola de Ouro. Mas, no próximo ano, acredito que possa ganhá-la de novo”, opinou o agente de futebolistas, hoje premiado pelo diário italiano Tuttosport pela sua função na Europa.

Ronaldo perdeu as últimas duas edições do prémio da France Football para o croata Luka Modric, em 2018, e para o argentino Lionel Messi, este ano, no que Mendes considera “uma injustiça”, uma vez que ganhou “a Liga das Nações”, ao serviço de Portugal.

Na opinião do agente, o avançado português “é o melhor jogador da história do futebol mundial”, porque Portugal “nunca tinha ganho nada antes”, até triunfar no Euro2016, e porque ajudou a “transformar o futebol mundial”.

“Ganhou quatro vezes a Liga dos Campeões [uma no Manchester United e três no Real Madrid], é impossível comparar qualquer outro jogador com Cristiano”, sentenciou.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.