Toni Kroos concedeu uma entrevista ao portal 'The Athletic' onde abordou a possibilidade de voltar a ser treinado por Pep Guardiola, com quem trabalhou no Bayern de Munique.

"Quero acabar a minha carreira em Madrid, por isso diria que é muito improvável. Mas adorei jogar para ele, e podia ter renovado o meu contrato no Bayern, claro. No entanto, não me parece que seja uma boa ideia assinar um contrato só por causa do treinador", admitiu.

Kroos lembrou ainda que "Pep queria que renovasse, mas qual teria sido o sentido de assinar um contrato de cinco anos se o treinador iria sair em breve? Foi para o Manchester City dois anos depois, mas continuamos em contacto e damo-nos muito bem".

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.