Luís Figo acredita que a saída de Cristiano Ronaldo do Real Madrid não será pêra doce. O antigo jogador português, que passou pelo clube 'madrileno' tal como o Barcelona, afirmou que é preciso muitas coisas para que o atacante luso abandone o campeão europeu.

"Existem muitos fatores que precisam de acontecer para que ele se vá embora. De qualquer das formas, é sempre uma decisão pessoal, e realmente se uma pessoa quer muito uma coisa, ela acabará por fazê-la. Mas eu considero que seja algo difícil", explicou o ex-jogador, em declarações à televisão espanhola GOL TV.

No entanto, o antigo extremo afirmou que, se Ronaldo realmente sair, não é por isso que o Real Madrid cairá por terra.

"Sou da opinião de que ninguém é imprescindível, e não estou só a falar de Cristiano. Os clubes não podem depender de ninguém, se não estão muito mal. A história do clube está acima de tudo, mesmo do presidente ou de quem quer que seja", explicou.

Recorde-se que Cristiano Ronaldo está a ser apontado à saída do Real Madrid, depois de ecos dos media de que o internacional português sente-se maltratado pelo Fisco espanhol, que o acusou de fraude fiscal, e por acredita que o clube 'merengue' não fez tudo ao seu alcance para defendê-lo desta acusação.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.