Peter Lim irá, ao que tudo indica, tornar-se dono do Valencia com uma escrutínio de 17 votos a favor e dois contra a favor da Meriton, empresa gerida pelo empresário, segundo avança o diário valenciano Mundo Deportivo.

O milionário de Singapura esteve reunido com os acionistas do clube desde o meio-dia de hoje, numa reunião que deu os frutos desejados. Os intervenientes reunir-se-ão novamente, depois de uma pausa para almoço, às 15H30, altura em que deverão dar a conhecer o resultado da votação e ouvir as palavras de Aurelia Martínez, presidente da fundação que tem gerido o clube até ao momento.

Caso a venda do clube seja confirmada, Nuno Espírito Santo poderá ter brevemente o argentino Enzo Pérez à sua disposição, uma vez que o negócio ainda não se concretizou oficialmente devido a dificuldades da parte de Peter Lim em concluir a compra do clube Che. A imprensa portuguesa e espanhola têm adiantado que o caso de Enzo Pérez seria concluido esta quinta-feira, após toda a operação estar terminada.

O argentino deverá, assim, juntar-se a André Gomes e Rodrigo, já às ordens do antigo técnico do Rio Ave. Um negócio com contornos diferentes, uma vez que envolveu um empréstimo dos mesmos ao Valencia pelo grupo económico, depois de terem sido comprados ao Benfica por um valor global de 45 milhões de euros.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.