O presidente do Barcelona, Josep Maria Bartomeu, deu uma entrevista ao jornal italiano 'La Repubblica' em que admite que receberia Guardiola de braços abertos, além de falar também de Neymar e Messi.

"Não depende de mim. Foi Pep quem decidiu sair, mas para ele as portas do Barça estão sempre abertas", revelou o dirigente dos catalães.

Quanto a Neymar, Bartomeu referiu que "o Paris Saint-Germain chegou com um cheque e havia pouco a fazia, sabia que ele estava com muitas dúvidas. No verão passado, foi Leonardo a dizer que ele estava no mercado. Tentámos, mas era impossível naquelas condições."

Já sobre Lionel Messi, o presidente do Barcelona salientou que antes de concluir o mandato "gostaria de fazer um contrato como o que fizemos com Iniesta. Messi ganhou o direito de decidir quando achar que é suficiente. É o número um e em poucos todos entenderão isso, porque mudou não só a história do Barça mas também do futebol mundial."

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.