Não está fácil a vida de Santiago Solari no Bernabéu. Apesar de ter assinado novo contrato com o Real Madrid até 2021, quando foi confirmado como sucessor de Julen Lopetegui, as duas derrotas diante do Barcelona em menos de uma semana, que custaram a eliminação na Taça do Rei e o adeus quase definitivo ao título espanhol, fragilizaram a posição do treinador argentino.

De acordo com o jornal As, a continuidade de Solari nos 'merengues' vai depender da campanha da equipa na Liga dos Campeões, pois se o Real Madrid voltar a vencer a competição, Florentino Pérez não terá motivos para despedir o técnico.

Ainda assim, a mesma publicação avança três nomes como favoritos à sucessão: Joachim Low, selecionador da Alemanha, apontado como "um velho sonho" do presidente dos 'merengues'; Mauricio Pochettino, treinador do Tottenham, que chegou a estar na frente da corrida para suceder a Zidane no verão passado; e Massimiliano Allegri, ele que também procura levar a Juventus à conquista da Champions.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.