O Sevilha mantém-se na luta pelo terceiro lugar na Liga espanhola de futebol após triunfo por 2-0 sobre o Maiorca, que à 36.ª vê a descida de divisão cada vez mais provável.

O argentino Lucas Ocampos, aos 41 minutos, de penálti, e o marroquino Youssef En-Nesyri, com um 'chapéu' aos 84, garantiram o triunfo ao conjunto de Julen Lopetegui, que manteve Rony Lopes no banco.

O Sevilha continua emparelhado com o Atlético de Madrid, com 66 pontos, ambos com a Liga dos Campeões garantida, a 13 do FC Barcelona, com 79, que está a um do Real Madrid, com um jogo a menos, segunda-feira em Granada, que espreita um lugar na Liga Europa.

O Leganés de Kevin Rodrigues venceu o Valência por 1-0, com penálti de Ruben Perez aos 18 minutos e com a equipa reduzida a 10 após os 54, por expulsão de Jonathan Silva: aos 60, Dani Parejo desperdiçou um penálti e o empate.

Gonçalo Guedes, titular, e Thierry Correia, suplente, ficaram mais longe da Liga Europa, do quinto ao sétimo lugar: o Valência é nono classificado com 50 pontos, a um do objetivo, contudo a Real Sociedad (51) e o Granada (50) têm um jogo a menos.

O êxito pode servir de pouco ao Leganés, com os mesmos 32 pontos do Maiorca, a três da salvação, protagonizada por Alavés, com um encontro a menos.

O Eibar de Rafa – Paulo Oliveira entrou aos 90 minutos – garantiu a permanência com o êxito por 2-0 em casa do Espanyol, que já desceu de divisão.

O Levante de Ruben Vezo – Hernâni entrou aos 73 - perdeu em casa com o Athletic Bilbau, atualmente no sétimo lugar que vale a Liga Europa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.